Home
 
Memória

O HAVER

...

Resta esse sentimento de infância subitamente desentranhado
De pequenos absurdos, essa capacidade
De rir à toa, esse ridículo desejo de ser útil
E essa coragem para comprometer-se sem necessidade.

Resta essa distração, essa disponibilidade, essa vagueza
De quem sabe que tudo já foi como será no vir-a-ser
E ao mesmo tempo essa vontade de servir, essa
Contemporaneidade com o amanhã dos que não tiveram ontem nem hoje.

...

E desnecessária presciência, e essa memória anterior
De mundos inexistentes, e esse heroísmo
Estático, e essa pequenina luz indecifrável
A que às vezes os poetas dão o nome de esperança.

Resta esse desejo de sentir-se igual a todos
De refletir-se em olhares sem curiosidade e sem memória
Resta essa pobreza intrínseca, essa vaidade
De não querer ser príncipe senão do seu reino.

...

Resta esse constante esforço para caminhar dentro do labirinto
Esse eterno levantar-se depois de cada queda
Essa busca de equilíbrio no fio da navalha
Essa terrível coragem diante do grande medo, e esse medo
Infantil de ter pequenas coragens.

Vinícius de Moraes


A FEDERAÇÃO GOIANA DE TÊNIS tem duas metas :

  • Propiciar ao menor carente uma educação técnico-esportiva capaz de mostrar-lhe que o desafio da vida pode ser enfrentado por ele mesmo com dignidade, esportividade e cidadania.
  • O outro é construir parcerias que estimulem e engrandeçam essa esperança.
 
Seja nosso parceiro.
Contribua com a construção do Centro de Excelência. Clique aqui.